Dirigindo com Flávio

– Flávio, é simples: segue reto até a Rebouças, depois viramos na próxima à direita, em 5 minutos tamo lá.
– Eu conheço um caminho melhor, vamos por dentro.

(28 minutos depois)

– Lê aí a placa, qual é essa rua da esquina?
– Acácio sei lá das quantas.
– Porra, não é possível, mas calma, eu sei que tem um caminho melhor.

(mais 10 minutos)

– Ah, eu disse que conhecia um caminho melhor! Era essa a rua que eu queria! Já estamos praticamente lá, meu amigo.
– Eu sei, esse era o caminho que eu tinha falado no começo.

– Pode deixar, Eu e Doda vamos te deixar no aeroporto.
– Eu? Não, não, vou pra casa. Tchau, Diogo, boa viagem cara.
– Ah, Doda, é logo aqui em Guarulhos, a gente larga o cara lá e volta rapidinho, tudo em meia hora, hoje é domingo.

(20 minutos depois)

– Flávio, agora é simples: continua aqui na marginal e depois pegamos a Airton Senna, é como se fosse uma reta.
– Não, mas tem o caminho pela Dutra, é muito mais rápido.
– Mas cara, a Airton Senna foi construída justamente pra dar acesso ao aeroporto…por que não vamos por lá?
– Pela Dutra é mais rápido!

(5 minutos depois)

– Doda, fica atento nas placas, a primeira que indicar a saída pro Aeroporto avisa logo.
– Ali, é a saída depois do viaduto.
– Não é a primeira saída? Vou virar nela…
– Não! Essa vai levar a gente de volta pro centro, é a segunda, a segunda, porra! Ai…não acredito.
– Putz, essa saída era da pista que volta pro centro mesmo…mas calma, deve ter um retorno logo ali na frente.

(44 minutos depois)

– Cara, e não é que não tinha retorno nenhum mesmo…e agora? Viro à direita e pegamos a Dutra de novo ou fazemos o retorno na ponte e vamos pela Airton Senna?
– Cara, faz qualquer coisa, foda-se.
– Mas que mau humor, heim? Diogo, o que achas?
– Que eu perdi o avião…

– Flávio, é simples: mantém nas faixas 3 ou 4, são as faixas de quem vai pegar a Brasil.
– Eu sei, eu sei.
– Porra, era aqui, perdemos a saída! Agora contorna a droga do monumento.
– Calma, eu achava que a contagem das faixas começava da direita pra esquerda, então pra mim estávamos na 3 e não na 2.

(2 minutos depois)

– Pronto, sinal verde, passa logo pra terceira faixa…
– Calma, tem um caminhão e dois ônibus.
– É aqui, é aqui, vamos perder de novo!
– Ah, tudo bem, é só contornar o monumento.

Anúncios

1 Response to “Dirigindo com Flávio”


  1. 1 Kandy junho 25, 2007 às 11:50 pm

    ótimo! Quando eu estiver mal-humorada, vou chamar esse Flávio aí do texto. Essa calma toda e esse senso de direção mais torto que serpentina em dia de Carnaval só podem render ótimas risadas!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: