Chame a central

– Central de equívocos, Jane, bom dia!

– Bom dia, Jane, eu quero comunicar um equívoco.

– Pois não senhor, qual o seu nome?

– Mirtes…

– Ah, desculpe dona Mirtes é que a sua voz…

– Não, não, eu sou homem mesmo, é que meu nome é Mirtes.

– Ah…er…mesmo assim desculpe senhor, o equívoco a ser comunicado seria a respeito do seu nome?

– Olha como fala mocinha! Qual o problema do meu nome ser Mirtes? Foi uma homenagem da minha mãe a uma personagem da Suzana Vieira!

– Novamente me desculpe senhor Mirtes, não tive a intenção de ofender, então…qual seria o equívoco?

– Humpf…certo, bem, é o meu vizinho, acho que o nome dele é Paulo, ele foi passear com o cachorro hoje pela manhã usando meias listradas e havaianas, isso em plena área comum do condomínio!

– Entendo, quais as cores das listras das meias?

– Azul e amarelo.

– Qual era a temperatura estimada hoje pela manhã?

– Hummm, acho que uns 15 graus…

– O senhor reparou se eram meias de lã?

– Não sei, mas pareciam ser grossas, aliás, nunca vi meias listradas finas.

– Qual era a raça do cachorro?

– É um salchicha, desses cofapes…

– Salsicha, senhor Mirtes, SalSIcha, repita comigo: sal…

– Sal…

– Si…

– Si…

– Cha.

– Cha.

– Muito bem seu Mirtes, Salsicha.

– Isso, salchicha!

– Mas lamento informar seu Mirtes, a raça do cão é Daschund.

– Daxirráun?

– É, mas se escreve…ok, vamos pular essa parte seu Mirtes, o senhor gostaria de solicitar uma viatura ou pode resolver seguindo as minhas instruções?

– Eu prefiro viatura, aquele uniforme de vocês é tão bonitinho…a Roberta ainda trabalha aí, heim?

– Seu Mirtes, não posso fornecer esse tipo de informação, até porque são centenas de funcionários, nem tenho acesso aos nomes. O senhor já possui cadastro?

– Já sim, é Mirtes da Graça, deve ser o único do sistema…

– Só um momento senhor, estou acessando seus dados…pronto. A viatura 238 estará no seu endereço em 15 minutos. Qualquer problema ou atraso nós entraremos em contato através do número que o senhor cadastrou. Mais alguma coisa, seu Mirtes?

– Não, Jane, obrigado. Vou aguardar a viatura.

– Tudo bem, a Central de Equívocos agradece a sua ligação e…seu Mirtes?

– Oi, to aqui.

– As meias eram de lã ou não? Semana passada isso deu o maior problema aqui…

– Jane, eu vou ser sincero com você. Eu realmente não sei, mas creio que eram sim, fazia 15 graus, né? Além disso, eram listradas e…

– Verdade, meias listradas sempre são mais grossas…

– Pois é, fique tranqüila, vai dar tudo certo.

– Bem, então vamos aguardar né, seu Mirtes?

– É, sem precipitações, vamos com calma.

– Então tenha um bom dia seu Mirtes, lembrando que a Central de Equívocos agradece a sua ligação.

– Bom dia, Jane, eu é que agradeço.

Rápido PS: Mirtes já andou por esse mesmo blog. Aqui, aqui e também aqui.

Rápido PS2: a Central de Equívocos é piada interna registrada em nome da Real Companhia Flávio Proença de Danças do Esquisito Inc.

Anúncios

0 Responses to “Chame a central”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: