O guia esperto da lavagem de roupas

[Inaugurando a seção de guias práticos do blog, hoje ensino você, responsável pelo seu lar, a lavar roupas na máquina. Sugestões de guias, pedidos de dicas e assédio sexual feminino explícito podem ser postados nos comentários. Um beijo, fiquem com deus e sejam amigos do Diabo.]
A máquina
Uma boa máquina é aquela que enche de água, sacode um pouco pra mexer o sabão, mantém uns 30 minutos de calmaria para molho, depois chacoalha como o diabo com o rabo ardendo, seca, enche de novo pra tirar o sabão, depois chacoalha de novo e…bem, enfim, se ao final ela centrifugar e entregar roupas úmidas e limpas, tenha certeza: ela funciona. Fique atento aos sinais de distúrbios psicológicos da mesma. Não é normal máquinas saírem dançando pela área de serviço ou soltarem fumaça preta do motor. Em caso de fogo, alerte a máquina para o perigo de brincar com o elemento e, caso não funcione, seja enfático, diga que máquina de lavar que brinca com fogo faz xixi na cama!

As roupas
São elas que você lavará na máquina. De cores e formatos bem variados, as roupas geralmente são compostas por pedaços de tecido costurados com o objetivo de cobrir partes específicas do corpo humano. Por exemplo: um tecido grosso em formato de V com grande abertura em uma extremidade e duas aberturas circulares nas extremidades opostas provavelmente é uma calça jeans, que, como é de amplo conhecimento, serve para cobrir pernas. Antes de prosseguir com a lavagem, tenha absoluta certeza de que suas roupas são feitas de tecido, pois trajes feitos com papel crepom, jornal, frutas, peixes ou minerais, não costumam sair-se bem atuando nos violentos palcos centrifugares das máquinas de lavar.

Quando lavar?
A lição é simples: o cesto de roupa suja encheu? Jogue tudo na máquina até a capacidade máxima + dois quilos, ou seja, se a máquina for de 4 quilos, lave 6. Não se preocupe, os presídios brasileiros funcionam desse jeito há séculos e ninguém liga, então não será uma simples geringonça doméstica da área de serviço que fará você perder o sono, não é mesmo?

As cores
Muitas revistas de mulherzinha recomendam que você separe as roupas por cor na hora da lavagem. Mas, por exemplo, aquela camiseta bege-mamão-papaia está suja e você quer usá-la no sábado. Você terá de esperar até que todas as roupas bege-mamão-papaia do seu guarda-roupa estejam no cesto de roupa suja para que você as lave? Óbvio que não, isso é dica safada do verso da embalagem de sabão em pó justamente para vender mais sabão em pó, pois se você separar por cor, fatalmente lavará roupa mais vezes e, claro, usará mais sabão (e água, seu sabotador do futuro planetário!).

O sabão
Marca é coisa de quem peida sem fazer barulho. No supermercado, procure a maior embalagem e o preço mais barato, achou? Então compre. Para economizar ainda mais, você também pode adquirir sabão em barra vagabundo e, com um ralador de queijo, transformá-lo em pó. No momento de jogar na máquina, a economia que você fez comprando o mais barato ou ralando barra fará a diferença: encha duas mãos de pó e taque pra dentro (da máquina). Medir quantidade com copinho é para quem tem muita paciência e, mesmo assim, as quantidades recomendadas nunca são suficientes para limpar aquela freada na cueca.

O amaciante
Acha que é frescura? Eu também achava, até descobrir que, adicionando uma dose cavalar do componente à lavagem, as roupas secam quase lisas, tornando desnecessário o complicado processo de passagem no ferro. Marca? Vale a mesma regra do sabão: o mais barato e de maior embalagem é o melhor, apesar daquele ursinho na embalagem daquela marca ser muito fofo, bonitinho, meigo, ôxi módeus do xéu, quédu!

A lavagem em si
As roupas já estão na máquina com sabão e amaciante devidamente adicionados? Então feche a tampa e deixe a natureza agir. Até o final do processo, é muito útil possuir em casa ao menos três (3) latas de cerveja, um pacote de Doritos e o SporTV com o pacote do brasileirão séries A e B. Caso o referido plus televisivo esteja fora do seu alcance financeiro, recomendo palavras cruzadas Coquetel. Se você não tem experiência no esporte, compre uma edição para iniciantes.

A lavagem terminou, e agora?
Muita calma. Primeiramente abra a tampa da máquina à distância (para facilitar, utilize um cabo de vassoura). Se nenhum objeto ou ser vivo pulou pra fora do eletrodoméstico nesse momento, é sinal de que a lavagem muito provavelmente deu certo. Aproxime-se e faça uma checagem visual. Se as roupas estiverem lá, coladas às paredes da máquina, está tudo bem. Retire as mesmas da máquina e coloque-as no varal. Para as camisas e camisetas, utilize cabides, assim elas secarão já lisas (lembre-se da dica do amaciante). Meias e cuecas não exigem delicadeza, prenda no varal de qualquer jeito. Para as calças, existem técnicas de penduramento variadas, mas a mais utilizada hoje em dia no eixo Sydney-Adelaide é a chamada Decágono Aborígene, que consiste em prender o traje por 12 diferentes pontos, sendo o mais importante deles na região entre nádegas da calça. O método não será demonstrado neste espaço por pura falta de respeito com o leitor, obrigado.

Anúncios

9 Responses to “O guia esperto da lavagem de roupas”


  1. 1 Cleu agosto 23, 2007 às 10:34 am

    Senti falta de um parâmetro para saber quando a roupa deve ser considerada suja. Vivo com um homem solteiro e percebo que enquanto “suja” para mim é camiseta usada uma vez, as dele são usadas por até uma semana inteira antes de serem largadas em algum lugar da sala (que nunca é o cesto, claro). Alguma dica a respeito (que obviamente só será passada adiante se estiver de acordo com o que EU acho certo, já que sou tendenciosa e nada democrática)?

    Muito obrigada.
    Cleu

  2. 2 Simone agosto 23, 2007 às 1:45 pm

    Camisa Laranja mamão papaya???hahahahaha Espera mais uns vinte anos para colocá-la na máquina.

    Muito bom o seu guia!

    Gostei demais do espaço. Voltarei

    bjs

  3. 3 Chloé agosto 23, 2007 às 4:07 pm

    Ahh, nunca ia imaginar ler um post (engraçado) sobre como usar uma máquina de lavar… mas deu certo huahauha

    gostei bastante!

    bjos

  4. 4 Camila Braga agosto 23, 2007 às 6:11 pm

    Doda, essa de manual pra lavar roupas foi simplesmente fantástica ! Adorei ! Se nada acontecer até lá, talvez eu case no ano que vem. Já imprimi o manual e vou deixá-lo na área de serviço colado na parede. O único problema é o campeonato não sei de que série A e B. Tô fora ! **rs

    Bjoks

  5. 5 Pedrox agosto 24, 2007 às 1:01 pm

    Edoardo,

    Data Venia seu notório conhecimento das cores, devo informar que homem-que-é-homem não tem capacidade de definir mais cores dos que as básicas do espectro de cores.

    Para um homem-que-é-homem bege-mamão-papaia inexiste ou é um tom indistinguível para o varão.

    O mesmo acontece com fúcsia, salmon, bordô, grená e outros tons de grande utilidade para decoradores, estilistas e carnavalescos.

    Passar bem,

    P.S.: Um beijo na nuca, naquela parte debaixo do rabinho, que você gosta tanto.

  6. 6 Millie agosto 24, 2007 às 4:16 pm

    Gente, o inventor do amaciante merece ser homenageado com um nome de rua!! Invenção do século!!! Ah , e uma pracinha pra quem inventou a máquina de lavar !!

  7. 7 claudiovacchini outubro 29, 2007 às 5:15 pm

    preciso do nome do papel para por na maquina que não manche as roupas

  8. 8 Sabrina zimmermann julho 30, 2010 às 2:46 pm

    Sempre achei muito complicado lavar roupas,pois sempre misturei roupas coloridas com outros tipos de roupas.
    A maioria das vezes eu batia tudo no tanquinho, só que varias vezes tive que jogar roupas fora porque estragavam. Então comprei uma maquina com abertura frontal que lava e seca,posso programar melhor cada tipo de lavagem. Com isso minha roupas continuam com novas.

    Doda: o chamado comentário patrocinado.

  9. 9 Robson Fagundes julho 30, 2010 às 3:07 pm

    Eu dei de presente para a minha mãe para poder facilitar a vida dela uma lavadora com porta frontal. Pois acho muito pratica, devido ela lavar 8,5kg. Tão pratica que nem precisa estender,pois é secadora.

    Doda: cara, você não soube? desculpe contar aqui e sem a preparação necessária, mas sua mãe enfiou tudo no próprio cu e agora lava as roupas tudo na mão.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

  • Gesner Oliveira’s Invitation is waiting for your response 31 minutes ago
  • gente é simples: pegue a coisa que vc mais gosta na vida e entenda muito bem dela a ponto de ter gente que pague pra vc entender dessa coisa 35 minutes ago
  • MA COMO QUE ME VAI COLOCAR CATCHUP NO SPAGHETTI HÃN?? https://t.co/2moe6Fys49 2 hours ago
  • o pessoal dá bola demais pra esse PIB 2 hours ago
  • sem falar que ele deve ter 1 ou 2 apartamentos já alugando, daí cê tira 3 hours ago
  • Quem tá bem é o Messi porque além do salário de jogador abriu um restaurante e deve estar fazendo uma boa grana 3 hours ago
  • Nando Rick é um aposentado bem de grana, poderia passar a manhã na padaria falando da rodada de ontem, depois dar uma volta com o cachorro 5 hours ago
  • Respeito muito quem consegue ser chato por foto 15 hours ago

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: