Essa minha terra

Não pessoal, não é assim que se faz:

flyer_bope.jpg

Se quiser ampliar, é só clicar. Coloquei em miniatura para não enfeiar mais ainda isso aqui.

Anúncios

7 Responses to “Essa minha terra”


  1. 1 Mutumutum novembro 23, 2007 às 7:32 pm

    Até que curti o cartaz… mas faltou um pouco de criatividade nas frases…

  2. 2 De La Silva novembro 23, 2007 às 9:10 pm

    Pois é. Aquela cidade é tão abandonada que roubaram um galpão de um cunhado, irmão da minha namorada e quando ele foi procurar a polícia lhe disseram que era para ele capturar o bandido e entregar para a polícia. Dito e feito. Mas não entragaram para a DESACREDITADA instituição, apenas lhe deram uma sova e o expulsaram do lugar.

    Quando a polícia, a delegada, ou representante legal não cumpre a lei ou usa de má fé ou ignorância ou omissão para casos como citei, faz-se a lei do mais forte e instala-se um poder paralelo, avesso a estrutura legal que nos distingue do que chamamos de barbárie ou difere do que entendemos como cidadania.

  3. 3 De La Silva novembro 23, 2007 às 9:12 pm

    Porra e ainda postei no local errado. Ta vendo? É foda ser do Pará!

  4. 4 Iuri novembro 24, 2007 às 2:32 am

    tah foda, seu menino!
    =]

  5. 5 Fernando Cury "o Pandão" novembro 25, 2007 às 9:11 pm

    aha!

    O BOPE viralizou total… não tem mais pra onde correr.

  6. 6 Marina (a outra) novembro 28, 2007 às 4:35 pm

    Quando amplia não é o suficiente para ver as letras miudas e descobrir quem fez essa pêrola….

  7. 7 Vivi dezembro 5, 2007 às 8:18 am

    Marketing viral mesmo rsrsrsrs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: