Falando em bala

(post que será publicado esses dias no blog da central do anunciante iG)

Chumbo grosso

Call of Duty é uma das mais conhecidas franquias de jogos de tiro entre os fãs de videogame. O enredo das 3 versões anteriores era baseado na segunda grande guerra (cá entre nós, tema manjadíssimo entre os games do gênero).
Mudando o teatro de guerra, o quarto episódio da série chega renovado e traz a batalha para os dias atuais. Pegando esse gancho, a DDB de Los Angeles criou uma campanha viral na qual conhecidos líderes malvadões-casca-grossa-inimigos-da-américa fazem resenhas em vídeo do novo jogo.
A estética da ação reproduz aquela cara tosca que o tipo de produção caseira feita por usuários costuma ter. Nos vídeos, dão o ar da graça o russo Vladimir Putin, o doidão norte-coreano Kim Jong II, o iraniano Mahmoud “tecnologia nuclear para fins pacíficos” Ahmadinejad, o comandante Fidel Castro e o líbio Muammar Qaddafi.

E fica a pergunta: por que Hugo Chávez não foi incluído na campanha? Mas será que até nisso nós do sul somos esquecidos?

No fake-site “oficial” da ação você pode conferir todos os vídeos. Logo abaixo, postamos o do companheiro Fidel.

Anúncios

0 Responses to “Falando em bala”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: