Snif, eu só queria jogar

(e este blog continua em nerd mode on)

Esse é um Mega Drive Portátil.

Mega_Drive_Portátil_e_defeituoso
Ele é pequeno, muito pequeno. É leve, bastante leve. Vem com 20 jogos na memória e só. Não tem cartucho e nenhum tipo de conexão que permita a inclusão de outras coisinhas. Isso não chega a ser um problema, afinal, na época em que ele era um videogame grande alimentado por cartuchos, a imensa maioria dos usuários não chegou a ter 20 jogos próprios mesmo e, nos tempos atuais, em que qualquer joguinho em flash na web é muito superior a esses antigos sucessos, você compra um Mega Drive desses mais por nostalgia do que por diversão.

Ele funciona com apenas 3 pilhas palito, o que parece ser uma roubada à primeira vista, mas não, as 3 pilhas até que respondem bem e, pelo menos na minha mão, agüentaram umas duas horas jogando e, desde sábado, ainda não pararam (mas joguei pouco devido ao defeito que relatarei a seguir).

A grande bola fora do pequeno console comigo é que ele não completou nem 24 horas funcionando corretamente.

Não, ele não caiu no chão, não foi mergulhado em ácido sulfúrico e tampouco foi utilizado como calço de porta.

Sem nenhuma explicação aparente, os botões simplesmente começaram a funcionar por conta própria, no meio dos jogos, sem que o jogador – no caso eu – os pressionasse.

Comprei na Americanas.com, avisei o site do defeito no produto com menos de uma semana (o prazo máximo para que eles efetuem uma troca ou devolvam meu dinheiro). Caso eles não se manifestem, o que acho muito provável – vide a cultura de respeito ao consumidor reinante no Brasil, apelarei para a garantia da TecToy, o que não me satisfaz, já que após o defeito não quero outro console e sim a grana de volta, pois o Mega Drive Portátil acabou de ser laçado e esse defeito, provavelmente, deve atingir boa parte desses primeiros aparelhos.

Enfim, se você, como eu, gosta de uma jogatina tosca, não compre esse Mega Drive Portátil. Aguarde mais um pouco. A TecToy deve corrigir esses primeiros problemas e quem sabe lançar outras versões com mais jogos ou funcionalidades (aceitar um cartão de memória pra tocar MP3 e funcionar como Pendrive, por exemplo, seria uma boa).

Portátil nostálgico por portátil nostálgico, esse aqui deixa qualquer outro comendo poeira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: