Da irmã

(Abaixo, reproduzo texto da minha irmã que foi parar em alguns lugares por aí. Além do apoio fraterno, também deixo minha solidariedade a ela quanto a não compactuar com as mutretas já institucionalizadas no país.)

Bem-vindo ao País onde quem é honesto se sente um idiota.

Em Dezembro de 2007, comprei um apartamento maior e melhor localizado. Dei uma entrada com o dinheiro da venda do meu apartamento antigo e financiei o restante com a Caixa Econômica Federal. Obter financiamento na Caixa não é problema para quem tem o nome limpo; problema é depender de cartórios e órgãos públicos para conseguir os documentos que a Caixa exige. Ah, essas notáveis repartições públicas.

Cartórios têm a custódia de documentos e o poder legal de lhes dar fé pública. Você sempre precisará deles, mas eles se comportam como se não precisassem nunca de você…

Menino de 10 anos: “Mãe, ainda não sei o que quero ser quando crescer”

Mãe: “Ah, meu filho, não precisa se preocupar com o futuro, você vai herdar o cartório da nossa família”

Nos Órgãos Públicos a coisa é muito parecida:

Trabalhador infeliz: “Sabe de uma coisa, eu tô cansado de ser empregado dos outros. Vou estudar pra concurso. Chega de humilhação, eu quero ser funcionário público, quero ter estabilidade na vida”

Você passa num concurso, pronto, pra quê se preocupar com qualidade de atendimento e presteza? Você nunca vai ser demitido, cara! E, se algum cliente te perguntar: “não existe um jeito de agilizar esse documento?”, jamais responda: “Claro, Senhor, estamos aqui pra isso. Sua documentação está na fila, mas como costumamos liberar mais de 10 processos por dia, provavelmente em 3 dias o Sr. terá seu documento”. Não faça isso que você envergonha a classe! Responda de pronto: “depende de quanto o Senhor está falando”.

Em Janeiro de 2008, um mês após a aprovação do cadastro na Caixa Econômica, eu ainda estava às voltas esperando o Cartório entregar uma Certidão Negativa essencial para a Caixa liberar o FTGS. Só que havia 80 processos na frente do meu. Coitadinhos dos funcionários do cartório, em 60 dias era impossível despachar 80 processos! Menos de 2 processos por dia. E se o cartório tiver 4 funcionários? Fico me perguntando o que 2 deles ficam fazendo enquanto os outros 2 despacham, cada um, menos de 1 processo por dia?

Em Fevereiro de 2008, resolvi desistir do FGTS e partir para o financiamento, pois essa modalidade não exige a tal certidão do cartório dos sem-ofício que, por sinal, só ficaria pronta em março.

As coisas começaram a caminhar e o dinheiro foi depositado na conta do Sr. que me vendeu. Porém, ficou bloqueado até eu apresentar o registro do imóvel em meu nome. “Agora vai ser bem rápido”, pensei, esperançosa.

– “Primeiro a Sra. passa na Sefin e recolhe o ITBI, depois a Sra. leva até o Cartório para requerer o Registro” – comentou o funcionário da Caixa.

– “Ah, ótimo, a Sefin é aqui em frente. Vou pagar logo esse documento e se der tempo, ainda levo hoje para o cartório”

Na Sefin:

– “Não, primeiro a Sra. dá entrada dessa papelada aqui no protocolo, aguarda 5 dias úteis, vem buscar o boleto, paga e retira o documento”.

Com isso, já chegamos a março.

ITBI pago. Agora, rumo ao cartório! Hip-hip hurra! Última etapa!

No cartório:

– “Pronto, Senhora. Agora a Sra. aguarda 15 dias úteis que entraremos em contato lhe dando uma posição sobre o registro”.

Quinze 15 dias úteis depois, em vez de receber o documento, recebi um fax com uma relação de pendências que eu precisaria resolver para que o Cartório concluísse meu registro.

Nos cartórios, a coisa funciona mais ou menos assim:

– “Meu filho, por favor vá até a padaria e me traga 6 pães de milho?”

10 minutos depois o filho retorna com os pães.

– “Ah, meu filho, esqueci que também preciso de 1kg de manteiga”

– “E além da manteiga, a Sra. vai querer mais alguma coisa?” – o filho pergunta, já pensando em só voltar mais essa vez à padaria.

– “Não sei. Mas se eu lembrar de mais alguma coisa, quando você voltar com a manteiga eu lhe aviso”.

Por fim, perguntei ao funcionário do cartório dentro de quantos dias meu documento ficaria pronto depois que eu levasse esses documentos pendentes:

– “15 dias, Senhora. Mas não se preocupe que dessa vez são 15 dias corridos e não 15 dias úteis”.

Em Abril de 2008 a história continua, porque ainda não se passaram os 15 dias corridos. A essa altura você deve estar se perguntando: “e onde está este vendedor do apartamento, que até agora não recebeu o restante do pagamento?”. Respondo que provavelmente está, como eu, escrevendo um artigo em sinal de protesto, intitulado: “Bem-vindo ao País onde fazer negócio com gente honesta só dá prejuízo”.

Anúncios

1 Response to “Da irmã”


  1. 1 Rodrigo Lupatini abril 7, 2008 às 9:45 am

    É por essas e outras que minha moto tem documento vencido desde 2001.

    Ficar na fila do DETRAN? Nem a pau Juvenal!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

  • Olha a cara desse safado desse urso https://t.co/8vjMW8QaN3 13 hours ago
  • Que ódio quando as filas estão grandes e vem um funcionário abrir mais um caixa e fica aquele constrangimento de quem vai primeiro no novo 14 hours ago
  • Vai a Nova York nos meses de outono e inverno?? Esqueça bermudas! A Big Apple só costuma ter dias mais quentes nos meses de verão... 17 hours ago
  • impressionado com esse Youtube, tem tudo que você quiser de audiovisual por lá, vídeos sobre tudo! 18 hours ago
  • RT @IdeaFixa: Beijo não se abrevia. 23 hours ago
  • Tragam 27 Oscares para Tatá Werneck pela entrevista com o especialista arqueólogo 1 day ago
  • Nada é melhor que Tatá Werneck neste momento no Brasil 1 day ago
  • Caralho, a Tatá Werneck com o Caio Castro tá um Uruguai e Gana da copa de 2010 1 day ago

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: