Agora vai

Já que, segundo a FGV, toda família brasileira com renda mensal superior a mil reais agora é considerada de classe média, já podemos esperar uma sensível melhora no desempenho do país em jogos olímpicos.

Entram em declínio esportes de pobre como futebol, corrida da polícia e desvio de tiro.

Chegamos à era em que milhões de jovens adolescentes tupinambás praticarão – além do inglês – vôlei, judô, basquete e natação nas suas tardes livres de filhinhos de papai.

Acabou essa história de comemorar bronze ou uma classificação em sétimo lugar na final da natação – atrás da atleta da República Dominicana.

Agora é Brasil, potência esportiva. Chupa, chinês.

E pelo andar do Uno Mille dividido em 72 vezes, se o ébrio líder ganhar mais um mandatinho, logo uma nova pesquisa concluirá que as famílias que sobrevivem com renda mensal superior a 2 mil reais integrarão a classe alta, ou seja, haja campo de equitação nas favelas e quadras de tênis nas esquinas da periferia.

Federer é o cacete, é nóis chegando aê.

Anúncios

4 Responses to “Agora vai”


  1. 1 Lucas agosto 11, 2008 às 10:27 am

    hahahaahhaahha
    excelente!!

  2. 2 Wagner agosto 11, 2008 às 1:34 pm

    A dúvida é se ganharemos algum ouro…. isso me faz lembrar de Los Angeles 1984, parece que ainda estamos há 20 anos atrás dos melhores…. :(

  3. 3 Rachel Juraski agosto 14, 2008 às 3:41 pm

    Rindo A FULL aqui
    =D

  4. 4 criticaconstrutiva agosto 23, 2008 às 5:31 pm

    kkkkkkkkkkkkkk
    temos que mudar de foco, né? não tem dado certo do jeito que está! :P


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: