Quatro indícios de envelhecimento babaca

Jazz como auto-afirmação
A sapiência média gosta de dizer que a imaturidade é a culpada pela juventude não apreciar o Jazz. O gosto pelo gênero viria com o tempo e o suposto amadurecimento. Bobagem. Além de gênero musical, o Jazz também é uma prova de chatice. Gostar dele para mostrar superioridade intelectual e experiência adquirida só mostra o quanto o sujeito é babaca e provavelmente guarda uma profunda tristeza por ter vergonha de assumir – e continuar a ouvir – os gostos do passado.

Exigir bom dia
Tem aquela pessoa que vem chegando (não sei a razão, mas geralmente é mulher), dá de cara com você e diz “bom dia”, aí você retribui com um inocente sorriso e vem a segunda estocada, “BOM DIA”, como que dizendo “eu disse BOM DIA, não vai responder?”. Essa gente definitivamente não merece um sorvete.

Entrar em uma religião de produto
Não que Jesus e seus companheiros de firmamento não sejam produtos, mas não falo aqui dessas religiões que cultuam seres imaginários, mas sim das comerciais modernas em estrutura piramidal que idolatram shakes emagrecedores, produtos de limpeza e até cursos de inglês. Se você foi o inventor de alguma dessas igrejas, parabéns. Você está rico por merecimento, pois convenceu licitamente milhões de otários pelo mundo a entrar na sua conversa de “oportunidade de negócio”. Agora se você é um dos seguidores, vestiu terno e gravata para vender esperança a obesos e costuma freqüentar as grandes e ensandecidas reuniões comerciais da sua corporação, sinto informar, mas você pegou o trem mais rápido com destino à estação bocó.

Comprar um Mac sem saber direito o que é um Mac
As atividades do sujeito no computador se resumem a fazer planilhas de gastos domésticos, escrever cartas de reclamação para a operadora de telefonia no word, navegar pelo Orkut e instalar na máquina velhos jogos de PC adquiridos em banca de revista. Mesmo assim ele compra um Mac e não perde a oportunidade de soltar tiradas supostamente esnobes para os amigos. “Ah, é pra Windows? Desculpe, mas desse mal eu não sofro, eheheh”. Secretamente, se arrepende da compra quando descobre que não existe versão de GTA Vice City para Mac.

Anúncios

22 Responses to “Quatro indícios de envelhecimento babaca”


  1. 1 Lucas outubro 1, 2008 às 4:26 am

    HAHAHAHAHAHAHAHA
    muito bom!

  2. 2 Marcelo Damaso outubro 1, 2008 às 10:29 am

    O jazz já foi pauta de noites de heineken no “posto do Ney”. Confesso que até comprei dois discos do Duke Ellington. Mas só pq foi barato e eu evito escutar sempre, juro!

    Doda: amigão, nós somos jovens, bonitos e expoentes de uma geração, você sabe, gato.

  3. 3 Karla Nazareth outubro 1, 2008 às 11:10 am

    Ainda bem que o jazz gravado pelo Frank Sinatra é legal e jamais envelhece d;

  4. 4 Carol Barata outubro 1, 2008 às 11:31 am

    O mais engraçado dessa galera de meia idade que resolve entrar em uma religião de produto é que eles sempre alegam que mudou a vida deles…
    Puta merda, depois que já se tem mais de 45 anos, pouco (ou nenhum) sexo e que balada é curtir um jazz com os amigos (velhos e com os mesmos assuntos de sempre, escolher sorvete de baunilha a invés de chocolate já é dar uma guinada “de 180°” na vida.

    irritação mode on.

    Doda: er…droga, eu gosto de sorvete de baunilha.

  5. 5 Cléu outubro 1, 2008 às 12:25 pm

    Eu sempre quis conhecer alguém de religião de produto. Sério. Nunca encontrei ninguém que vendesse herbalife ou amway; tenho vontade (tá, é uma vontade bizarra).

    Doda: Cléu, o mais bizarro dessas é a dos cursos de inglês, sério, é quase genial de tão engraçado que é.

  6. 6 marcus outubro 2, 2008 às 9:53 am

    Eu também gosto de sorvete de baunilha.

  7. 7 acidstickers outubro 2, 2008 às 12:26 pm

    oih

    qué tc?

    []sss

  8. 8 gurbob outubro 2, 2008 às 4:12 pm

    Olá! Tudo bem?
    :/
    Eu fiz uma pergunta…
    Eu ja cheguei a gostar de jazz. Pois achei a voz da amy winehouse uma coisa do outro mundo. Infelizmente do submundo sao as atidudes dela em relação a propria vida q a faz perder todo o brilho e com ela ofuscar a visao de um novo jazz que nós da juventude atual poderiamos nos encantar.
    Quanto ao herbalife… Nao comprei!

  9. 9 Carol Barata outubro 2, 2008 às 6:07 pm

    hahahahaha

    Eu também gosto de sorvete de baunilha, gente. Esse não é a questão… ah, deixa pra lá… tô atrasada pra minha reunião com as meninas da Tuppeware…

  10. 10 Noula outubro 2, 2008 às 8:49 pm

    Um detalhe dos amantes de Jazz: eles têm suas ressalvas, tipo “Ah, Coltrane é muito bom, mas Duke Elington…”

  11. 11 Al Bakshih outubro 2, 2008 às 10:33 pm

    Esqueceram que a capacidade de julgar e de pontificar sobre a velhice dos outros também é um sinal de embabacamento irretocável. Pois estou aqui para lembrá-los.

    E a propósito: Jazz é um estilo musical que traz consigo muita gente jovem e de competência à toda prova. Já ouviram falar em “Les Doigts de L´Homme”? ; Frank Vignola? Angelo Debarre? Stochello Rosenberg e sua turminha? Pois é. Depois dos anos cinquenta (gente…) muita água andou rolando. Só não nos círculos frequentados por vocês, como estou vendo.

    Vão estudar, velhinhos. E julgar sem saber é feio.

    Doda: oba, estava faltando esse personagem aqui no blog, nunca mais tinha aparecido :-)

  12. 12 PACO outubro 3, 2008 às 2:36 am

    Tropiquei no teu blog enganado pelo Yahoo!Brasil pois cliquei numa notícia e me trouxe aqui. Pois, gostei do ambiente… Catso, eu tbm gosto de sorvete de baunilha, mas tbm gosto de sorvete de abacate que não tem aqui nos EUA. Porra, com a riqueza da MPB, ficar falando de Jazz é uma tristeza… pode que tem uma e outra musica boa de jazz mas ser fã de jazz é uma tentativa de “esnobar”, pra ser “igual que estadunidense” (me recuso a chamá-los de ‘americanos’ pois que raptaram esse nome que foi criado, ANTES que os EUA existisse, para denominar TODOS os nascidos e habitantes das Américas…)
    Porra, tu é foda né? tinha que citar Herbalife? é, eu vendi sim (tinha acabado de fechar minha pizzaria depois de “morrer de bala perdida” numa guerra entre a Pizza Hut e a Domino’s em Monterey) e até que o produto Hebalife é bom… mas esse sistema de pirâmide é pra tolos – como eu fui – e as reuniões? que maçantes! não aguentei, saí e nunca mais entrei numa dessa – acho que, então, rejuvenecí, não? hehehe…. e nunca neguei minha preferência pelo sambão, bossa nova assim como boleros ou a época de ouro do festival da Record e de San Remo, mas também gosto do “novo que sempre vem” como exemplo a belíssima e sensual Shakira… falando em sambão – so me falta ouvir um brasileiro dessa geração “estadunidense” chamar de “brazilian jazz” assim como já ouví brasileiros falarem ‘soccer’ ou ‘beach soccer’ – lembra da Vera Fisher entortando a língua pra dizer “promôuter”? parece que uma parte do pipou do Brazil acha que pra ser yang é ter um luki de estadunidense e espike palavras que nem sabe como se escreve – carai, chega a provocar dor de barriga…!!!

    Doda: Paco, muito obrigado pelas palavras, não é sempre que a turma que acessa está disposta a interagir comentando (a maioria dos que visitam isso aqui são amigos, aí já viu, os putos nunca estão a fim de conversa). Agora me fala um negócio, como é que você conseguiu registrar Shanadu.com? Nunca recebeu proposta pra vender? hehehehe

  13. 13 ed outubro 3, 2008 às 7:55 am

    Este troço tá parecendo aquela propaganda, que um cara porco arrotava e ao mesmo tempo que editava seu blog sobre dicas femininas, tú é parente de alguem do yahoo?

    Doda: oi Ed, não lembro da propaganda, mas sou um porco. Beijo.

  14. 14 Backes outubro 3, 2008 às 9:01 am

    Mto boa a parte do Jazz… Conheço uma pessoa que se enquadra certinho na descrição… hehehehe… mas o pior é que ele não tem amigos pra discutir o jazz, então fica mais no estilo sozinho (longe de facas)…
    Sorvete nunca foi minha thing, ops brincadeira Paco, coisa… mas já curti tantos sabores diferentes, pistache, uva, chocolate, mas baunilha não!!! Metade das usuários brasileiros de Mac não tem a personalidade para ter um Mac. Só estão tentando entrar numa moda anti-windows, mas não sabem toda a historia apple x windows x linux…
    Ainda não topei com ninguém da herbalife, ou similares, mas minha opinião não difere mto da sua Doda…
    Aaaah… tb cheguei através de um link “errado” do yahoo… vai saber, conspiração!?!?
    é isso ai…

    []s

  15. 15 Lualuoca outubro 3, 2008 às 12:11 pm

    Doda,

    Deixa de ser ranzinza e mau humorado.
    Bora assistir iron men?

  16. 16 PaC outubro 3, 2008 às 3:32 pm

    DOda, eu não concordo. Se você nunca assistiu piratas do vale do silício, está explicado por que você ainda não entende que mesmo que o indivíduo não seja um grande entendedor de MAC, é melhor que ele o utilize do que enviar dinheiro para o Grande concorrente deshonesto.
    Voltando o pouco para o Primeiro Tópico, JAzz é bom e acalma, é melhor sujeito ser bom para a sociedade e ouvir seu JAzz, Sozinho que seja, ou com a Patroa num domingo, do que ouvir ROCK e Sair para Matar MIll num SHow, Ou ainda ouvir qualquer deste Ritmos Ultra modernos e se empanturrar de Tóxicos e Só Fazero mal por aí.
    Portanto, descordo do Primeiro e do último tópico.
    MAs concordo com os dois intermedíários, especialmente o DO Bom Dia… Foi muito bem lembrado! Afinal é impossível Que todos os dias desta vida sejam bons Especialmente aqueles que a gente passa longe do que o mundo tem de melhor, que é o entendimento, calma e as boas músicas!!!
    A.N PAC

  17. 17 Búfalo outubro 3, 2008 às 9:29 pm

    Muito bom.hehehe Realmente pessoas assim, além de chatas e babacas, são envelhecidas.

    Abraços,
    Búfalo

    http://naoserouser.wordpress.com/

  18. 18 PACO outubro 4, 2008 às 1:59 am

    Doda, registrei Shanadu.com nos primórdios da internet www (iniciei na internet qdo ainda era só DOS com um AMIGA 500A). E tu não vais acreditar os nomes que perdí de registrar, aliás o meu próprio. Eu ainda não estava com a compreensão total do www e achei que só registrar PACO não iria identificar minha pessoa então registrei PacoBertomeu.com
    Quando me dei conta, e tentei registrar não fazia nem um mês que o Paco Rabane havia registrado… assim também como herbalife.com e até mesmo realtor.com. A bem da verdade eu ‘tava quebrado nessa época (1994)falido da pizzaria e recém licenciado como Realtor e ainda um total desconhecido em Monterey nessa área. E naquela época cada domain name era 100 DOLARES… imagine. 2 anos depois, já com a situação financeira equilibrada, cheguei a ter no meu “portfolio” de domain names mais de 700… hoje tenho apenas 125, os que creio que valem a pena. Tenho alguns muito bons, quer comprar? hehehe… Tô pensando em pôr a venda o Shanadu.com sim… e usar a grana no Brasil, em Japaratinga onde, meu mano e eu, temos uma casinha legal a beira praia.
    Legal esse papo aqui no teu blog.
    Ah, MAC é melhor mesmno mas o bandido do Gates conseguiu que a maioría desenvolva programas só para Windows – que ele tbm roubou a idéia desse nome (windows).
    Um abraço.

    Doda: Paco, entre seus projetos pessoais você deveria incluir um livro ou roteiro de sitcom contando essa trajetória american entrepreneur, só nesse seus 2 comentários eu já vi episódios suficientes pra umas 3 temporadas, ahahahahaha

  19. 19 Emanuel outubro 4, 2008 às 10:54 am

    Po, Doda, não sou fã, mas gosto de jazz.

    Doda: eu também não tenho nada contra o gênero em si, minha implicância, como sempre, é com os fãs, ehehehe. Ei, parabéns atrasado e via blog tá valendo? Abraço, moleque!

  20. 20 Fernando outubro 8, 2008 às 6:21 pm

    Por isso que apenas 14% de pessoas no mundo tem um Mac.
    Enquanto outros 86% guardam sofridamente suas economias pra comprar, a maioria que tem sabe usar. A fidelidade de cores na impressão de arquivos e NUNCA precisar se importar com vírus pra mim tá de bom tamanho. Adobe em Mac não tem comparação. Agora se o cara vai ficar jogando paciência…paciência, compra um pc.

    Doda: 14%? Acho que essa é uma estatística somente dos EUA, não?

  21. 21 Fernando outubro 8, 2008 às 11:03 pm

    Não.
    Super Interessante | Quadro Essencial | Agosto de 2008


  1. 1 Coisa que deveria ter lido hoje… mas não deixaram! « ATer criacao de sites (11) 2527-3032 / www.ater.com.br Trackback em outubro 3, 2008 às 2:44 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: