Carnavais de Jesus

Sem hipocrisia e politicagem correta nessas horas: nenhum tipo de festa pode ser bem sucedida sem álcool, músicas de letras chulas e provocações sexuais de ambos os lados. Logo, coisas como MicareJesus, Cristo Folia ou Encontro dos Jovens de Piracicaba em Cristo (nunca entendi esse “em”) não possuem a mínima possibilidade de conter diversão decente em suas horas de duração. Não acredite no “com certeza!” respondido pelo jovem dos óculos de aro grosso quando o repórter perguntou se valia a pena passar aquele carnaval tomando refrigerante genérico de Laranja (é o tipo de item sempre economizado pelas igrejas que jamais pensam em comprar Coca ou Guaraná Artactica).

Anúncios

3 Responses to “Carnavais de Jesus”


  1. 1 Carol dezembro 1, 2008 às 6:22 pm

    Acho que foi aquela escritora paraense que disse que as pessoas ficaram tão chatas depois que ela parou de beber. Realmente, tenho que concordar com ela e discordar de toda galera que se programa o ano todo para ir pro “Encontro de Jovens da Caju” (NADA PESSOAL, PELAMOR!)…
    É mt difícil conciliar diversão com sobriedade.

  2. 2 Joaquim dezembro 2, 2008 às 1:11 pm

    Eu, por exemplo, to me divertindo…

  3. 3 MrFr0g dezembro 3, 2008 às 1:07 am

    Eu já misturava uma canha com o genérico de Laranja.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: