Ali, ó, atrás de você

“Se você construir ele virá”, certo? Funciona assim na internet também.

Arrumando qualquer cantinho, gerindo uma comunidade, cadastrando um perfil, abrindo uma conta em um serviço.

Os idiotas, eles virão.

Em forma de comentário, scrap, reply deslocado, falta de noção. Eles virão, não tem jeito. Por melhor escondido que o seu buraco virtual seja, um imbecil chegará até ele.

Mas não é culpa sua e nem dele. Acontece porque os idiotas simplesmente são maioria, sempre foram e sempre serão, por isso é que temos poucos gênios e grandes talentos, já que a média é uma lástima eterna.

Sempre desconfio então dos que esbravejam sentenças manjadas como “o jeito que as coisas estão”, “antigamente não era assim” e escambais adjacentes, como se a amplitude da idiotice um dia tivesse sido menor.

Esses caras ou fazem parte da mesma massa de asnos que criticam ou, por qualquer motivo, se beneficiam da existência dela. Tipo político populista ou blogueiro que caça imbecil via google.

Anúncios

5 Responses to “Ali, ó, atrás de você”


  1. 1 Pedro janeiro 27, 2009 às 4:40 pm

    Olha, rapaz, antigamente ninguém falava sobre o mundo desse jeito, não. Do jeito que as coisas estão, não nutro mais qualquer esperança!

  2. 2 Helio janeiro 27, 2009 às 6:38 pm

    Cara, mas nesse quesito o youtube é insuperável. Puta merda. De onde surgem aqueles fdp?

  3. 4 Emanuel janeiro 27, 2009 às 10:20 pm

    Motörhead é MUITO do caralho

  4. 5 uuu janeiro 28, 2009 às 4:05 pm

    Encontrei você… sua teoria se comprova!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: