Retóricos

Tem aquele tipo que não chega a ser um amigo seu, mas que por algum motivo você mantém relações amistosas. Pode ser ex-colega de empresa trabalhada dezanatrás ou aquele primo de uma ex-amassante que deu carona pra você na volta do show da Ivete em 2002.

Você e esse quase brother tem a consciência tranquila como a de um senador quanto à superficialidade da relação. Ninguém pretende tomar cerveja e ver futebol um na casa do outro, certo?

Justamente por isso, me intriga o que essas pessoas pouco íntimas esperam ouvir como resposta ao formular perguntas como:

– E aí, tem falado com o pessoal?
(quase nunca, mas quando falo é basicamente para responder as mesmas perguntas que você vai fazer)

– Mas e a família, tudo beleza?
(sério que você quer saber do recém-descoberto problema de hemorróidas da tia Neide?)

– E lá, tudo bem?
(senta aí que vou te explicar a minha visão sobre a direção da empresa e o contexto de relacionamento profissional e social que esse perfil corporativo gera, assim você compreenderá corretamente a minha resposta resumida – sim ou não – ao seu questionamento, beleza?)

Anúncios

1 Response to “Retóricos”



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: