Bilhete único

Jogar o iPod no shuffle e passar uma hora dentro do busão observando a cidade se movimentar é como zapear ao vivo entre clipes.

A cena da bandeira do São Paulo ao lado da barraca de plástico preto do mendigo não ganha absolutamente nenhum significado com Beverly Hills do Weezer ao fundo. Já a frase “Kebre a rotina mas não se kebre” – na parede da oficina – conjugada com Moneytalks do AC/DC pode até ganhar sentido, reflita. Hey little girl, you want it all / The furs, the diamonds, the paintings on the wall / Come on, come on, lovin’ for the money / Come on , come on, listen to the money talks.

Por tudo isso, continuo sem entender (e fazer um “tadinho” mental com biquinho imaginário) as pessoas que se emocionam com comercial institucional de banco ou operadora de telefonia. Basta colocar fones de ouvido e olhar para uma praça em dia de sol que você faz o seu próprio filme (e sem querer vender nada a você mesmo).

kebre_rotina

Anúncios

2 Responses to “Bilhete único”


  1. 1 carolinabarata junho 22, 2009 às 3:51 pm

    Doda: bem bom isso, heim.

  2. 2 MrFr0g junho 23, 2009 às 7:32 pm

    Eu também, sempre fico na janela.

    http://passingby.tv/?id=jK-P00yCZlY

    Doda: cacete, isso é melhor ainda.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: