Só no automático

Havia depositado na caixa de sugestões uma pormenorizada teoria explicando em ginecológicos detalhes a obsessão nipônica por criar robôs semelhantes ao homem. Esperava apenas que a diretoria lesse.

Tamanho o seu interesse no assunto, produzia uma expressão de horror ao pensar, diariamente, onde toda essa bosta iria parar.

Raciocinava que, por enquanto, eram apenas cópias chinesas de japoneses insossos, mas um dia poderiam ser urbaninhos de dreads dos que andam com o narguile pra cima e pra baixo e, na primeira oportunidade, atocham o troço na mesa do bar. “Esse é de uva com eucalipto e romã, é uma delícia, prova”

Anúncios

1 Response to “Só no automático”


  1. 1 bcomin maio 8, 2009 às 4:30 pm

    Dods, demorei minutos pra ler a primeira frase. Dá pra simplificar da próxima vez?

    Doda: não é culpa minha, é do cara do texto :-(


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: