Cálice

O que determinou o fim da ditadura não foi qualquer contexto político local ou mundial, mas o alastramento da cultura voz & violão pelo Brasil.

Seria impossível um governo, autoritário ou não, manter-se no poder por mais tempo com um contigente tão grande de artistas reproduzindo em sua direção torturas em série como Roda Viva e Pra não Dizer que não Falei das Flores.

De país da América Central a Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Caralho a Quatro, o amigo aí que cultiva desejos presidenciais deve manter em mente que segurar o leme no rumo da democracia garante ao menos que Oswaldos e Montenegros lancem merda em outras direções.

blog_ramones_2

Anúncios

0 Responses to “Cálice”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: