Amigo secreto grátis

Nesse negócio de adoração de deuses, ainda comove minhas glândulas sudoríparas a queda de qualidade na produção musical pelo lado dos que curtem Jesus.

O plantel celestial, que já contou com Bach no meio e um mascarado Beethoven de centro-avante, hoje se vira com um cansado Marcelo Rossi e um firuleiro Padre Gato.

Não é uma coincidência, claro. Como já há algumas décadas é socialmente permitido não curtir JC sem sofrer empalamento, quem manja de música tratou de dedicar sua produção ao que realmente gostava e não mais ao enfezado fillhinho de papai que inventou essa de morrer por nós sem pedir permissão.

Sem grandes talentos para manter-se no Grupo Especial, o gospel desceu à mansão dos mortos atrás de uns discos antigos para servir de inspiração e encontrou uma coleção de Waldick Soriano e uma fita com a primeira versão de Fuscão Preto, do pequeno Almir Rogério.

Com alguma dificuldade, foi parida então a melô do deus fofoqueiro, aquele que tá te sondando, tá ligado?

Para deixar claro que sabe do maluco espreitando sua vida ou arrumar forças para acreditar nos próprios versos que declama, o cristão se desdobra a cornetear 272 vezes que sim, “senhor, eu sei que tu me sondas”.

É a expressão máxima dessa subcultura urbana que venera a mania de perseguição como forma de elevar a auto-estima.

Além de achar que a nossa inveja faz a sua fama e de pontuar afirmações de personalidade com “e daí?!” no final, o sujeito acredita que o próprio Hômi está ali, a sondar-lhe a vida, como se nela houvesse algo de interessante para tomar a atenção desse deus voyeur.

Se liga, o cara é deus. Se quiser ele passa a manhã jogando Modern Warfare 2 e a madrugada revendo os dois Conan na sequência, não se iluda com essa dele estar na sua cabeça fazendo um checking do tipo de coisa para a qual você se masturba.

Anúncios

2 Responses to “Amigo secreto grátis”


  1. 1 paulo nazareno novembro 25, 2009 às 10:20 am

    rapaz, o pessoal canta isso porque nunca teve algum problema renal ou derivado que obrigou o uso temporário de uma SONDA na uretra! Ui! Só me vem o substantivo (não o verbo)incômodo quando ouço a canção…

    * Não. Eu nunca usei uma sonda.

  2. 2 Sabedor novembro 27, 2009 às 8:48 am

    Vejo que você é uma pessoa frustrada, tadinho, vê se procura algo nobre pra fazer nessa sua vida que ela melhora.

    Doda: ah, rapá, a tua mãe não concordaria contigo! RÁÁÁ! brinks bjs flw


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: