China passa pomada para assaduras no Google

Um caixote abarrotado de piadas internas foi encontrado hoje pela manhã na casa do chapéu por Alberto Sincero, 35, homem franco.

“Eu gostei”, declarou Sincero à comissão de fiscalização encarregada de entender os chistes, avaliar a presença de gordura trans nas tiradas e repassá-las aos seus verdadeiros donos, respeitando a lei que proíbe a contextualização das mesmas para terceiros.

Já o arte-educador Mélvio Soleil, logo após pregar uma peça em sua esposa – espirrando água em seu rosto a partir de uma falsa flor posicionada em seu paletó, estava todo trabalhado em botas de camurça e passou a noite falando da genialidade de Chico. “Toda mulher daria para ele, não adianta negar, kkk”, afirmou entre um e outro comentário pedante sobre a cerveja de fresco que tomava.

“O epicentro desse calor na pele também foi sentido longe dos olhos, mas dentro do meu coração”, disse Fúlvio Pirajuçara, um cara que chega bêbado em casa, liga o computador para se dar mal nas redes sociais e dorme no sofá com uma cerveja aberta – e inteira – ao lado. “Estamos trabalhando nisso, mas noves fora, que época para se viver, heim? Diz aí”, eterniza-se Piraju.

Twittercontro do Pessoal Cheio de Opinião na transportadora Irmãos Guedes. Um colírio para os olhos e um laxante para a alma. O clique, novamente, é de Messias Jardan, cada vez mais a fim de arrumar o servidor do Ressaca Moral. Aguardão!

Anúncios

0 Responses to “China passa pomada para assaduras no Google”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: