Aszim

Seria profundamente errado não soltar qualquer palavra sobre a cor que aqueles olhos claros assumiram ao enfrentar o sol daquele horário da tarde. E a tentativa de descrição da cena, a partir daqui, passearia por uma saraivada de pieguices, lugares-comuns e adjacências e, por isso mesmo, será encerrada. Mas sério, você precisava ter visto aquela cor, não sei se merecia, mas precisava.

Anúncios

4 Responses to “Aszim”


  1. 1 Helio abril 27, 2010 às 3:43 pm

    Clap clap clap!

    Porra, não consigo matar os mosquitos que ficam rondando meu monitor.

  2. 2 YASMIN abril 27, 2010 às 4:08 pm

    TÁ APAIXONADO

  3. 3 Doda abril 27, 2010 às 4:13 pm

    os comentários agora chegam de casalzinho.

  4. 4 Marcelo Damaso abril 29, 2010 às 12:22 am

    Ê doido, era lente! Nem te conto!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fitas pessoais e umas opiniões definitivas incertas. Qualquer coisa, dá um alô no doda.doda@gmail.com

@dodavilhena

Encontre

Arquivão


%d blogueiros gostam disto: